Notícias

Imagem

Governo acena possibilidade de reajuste e mesa de negociação avança

Reunião hoje no Palácio Iguaçu com presença de Wanderci Polaquini deu mais um passo no sentido de garantir a reposição dos vencimentos 

Na manhã desta quinta-feira (09) foi realizada a 2º Reunião da Comissão Paritária no Palácio Iguaçu. Essa comissão é composta por representantes dos servidores públicos estaduais, da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) e do governo, com o propósito de definir o índice da data-base da recomposição dos servidores e conta com a participação do presidente do Sindafep, Wanderci Polaquini. 

A reunião teve como principal pauta a apresentação de dados econômicos que foram analisados por economistas do Estado e dos fóruns de servidores presentes. Os cálculos e as projeções que irão determinar a possibilidade de aplicação de um índice de reajuste levam em conta, dentre outras coisas, a previsão de crescimento da arrecadação do Estado, a receita corrente líquida e gastos com pessoal. 

O deputado Professor Lemos (PT), representando a Assembleia Legislativa do Paraná, afirmou que a expectativa na Alep é de avanço da pauta, assim que a proposta estiver em mãos. Declarou ainda que o presidente da Assembleia espera que a negociação aconteça o mais rápido possível para que o reajuste dos servidores do Poder Executivo possa ser apresentado e votado junto com as propostas dos demais poderes. 

Na última reunião, Polaquini apresentou o descontentamento com o Projeto de Lei Complementar (PLC) 4/2019 que limita a folha de pagamento dos servidores, invalidando a existência de uma Comissão para discutir os índices de reajuste. Na ocasião, o deputado Hussein Bakri, líder do Governo na Assembleia, garantiu que o projeto não tramitará enquanto a mesa de negociação não chegar a um consenso em relação as políticas salariais.

“A boa notícia é que o Governo está bastante tendencioso e acenando com a possibilidade de conceder o reajuste aos servidores. A expectativa em relação aos resultados dessa comissão é muito positiva”, afirma Wanderci que representa o Fórum Associativo e Sindical dos Servidores (FASS) na Comissão, juntamente ao coordenador do Fórum, Fábio Barddal, que também afirmou deixar a reunião de hoje com expectativas muito mais positivas.

Na próxima semana, serão realizadas novas reuniões técnicas para discutir as divergências entre os cálculos do Governo e dos Fóruns e no dia 21 de maio, teremos um novo encontro da Comissão Paritária. 

Veja as fotos dessa notícia

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Comentários

  • Benjamim de Castro

    21 de maio de 2019 - Curitiba

    Muito boa a noticia. E, parabéns aos nossos representantes.
  • Jeronimo Puchalski

    21 de maio de 2019 - Curitiba

    Sou funcionario inativo, e a tempo não temos reajuste dos salários pelo menos reposição pela inflação, comparando as compras anteriores com atuais, o que basta para ver a diferença que estamos desembolsando nas compras nos super-mercados, antes com R$ 100,00 comprava-se os mantimentos, hoje se paga 6 seis vezes mais pela mesma compra an-terior, com essa situação resta-nos reenvindicar os reajustes negados.

Comente esta notícia