FÉRIAS DE VERÃO COM O SINDAFEP - Alta temporada 2019/2020 - Consulte os pacotes!

Notícias

Imagem

Premiado pelo PGP-PR, Caminhos de Peabiru melhora o turismo e a economia local

Segundo os índices de Peabiru, 33,8% da população vivia em situação de pobreza em 2016, mas graças ao projeto, esse cenário está mudando

O milenar Caminhos de Peabiru é um patrimônio cultural do pequeno munícipio de Peabiru, com apenas 14.624 habitantes. Trata-se de uma trilha histórica que ligava a capitania de São Vicente (interior de São Paulo) à cidade de Cuzco, no Peru, passando por dentro da cidade. Como a população local desconhecia a sua história, em 2015, o município criou o Projeto Caminhos de Peabiru: História, Cultura e Turismo, que tem como objetivo o incentivo ao turismo e a difusão cultural. 

O intuito é despertar o sentimento de identidade e de pertencimento nos munícipios. Tornar a cidade conhecida. Gerar empregos, movimentando setores da economia local como, por exemplo, artesãos e comerciantes da indústria e do comércio. Também foi realizada uma divulgação em todos os meios enaltecendo o nome Peabiru. Isso atraiu turistas para visitação nos museus, trilhas, cachoeiras, montanhas e outros localidades. É o que conta o Controlador Interno do Município e Diretor de Cultura, Arléto Rocha:

— Antigamente as pessoas iam para as outras pessoas e quando perguntavam da onde ela era, a pessoa dizia que morava em Campo Mourão, Maringá, depois falava Peabiru. Agora, as pessoas já estão falando que moram em Peabiru e Peabiru está sendo conhecido em outras cidades. Foi feito um trabalho de pertencimento, através de um trabalho de marketing, de mídia, Peabiru já está sendo reconhecido em vários outros lugares. A cidade em si, suas trilhas e suas belezas. Então, a primeira percepção é o sentimento de pertencimento, a estima do povo peabiruense melhorou.  

Em 2016, segundo os Índices de Peabiru, 33,8% da população vivia em situação de pobreza. Graças ao projeto, esse cenário está mudando. Restaurantes, postos de gasolina e panificadoras já notaram a diferença. Depois que o projeto foi implementado, passaram a faturar, em média, 5 mil reais a mais por final de semana. Dinheiro que antes não estava no orçamento. É o que garante o comerciante José Carlos Aveiro, da Panificadora Master Pão: 

— O projeto tem impactado nos domingos de manhã, nos sábados à tarde. Sempre que tem os eventos há situação de aumento de vendas de café, lanches e salgados. O pessoal que vem participar das trilhas sempre passa por aqui, na nossa panificadora. É um projeto bem bacana e tem trazido muitos clientes para nós. Melhorou bastante o comércio da nossa cidade.

Desde a sua criação, foram realizadas 40 caminhadas eco históricas com os munícipios e pessoas de várias outras cidades e estados, até mesmo dos Estados Unidos da América. Além de excursões e visitas de escola locais, com palestras sobre a história da cidade. Até 2017, 136 crianças e cerca de 3 mil pessoas passaram a conhecer a tradição histórica de Peabiru. Houve ainda a inserção do tema no Carnaval de Rua local. Em 2016 e 2017, foi realizado um espetáculo com oficinas envolvendo 60 alunos da rede pública e a inclusão de questões temáticas em um Concurso Público municipal.

A eficácia e os resultados fizeram com que o projeto conquistasse uma Menção Honrosa em 2018 e o Prêmio Gestor Público Paraná 2017, uma das premiações mais importantes desse segmento no Brasil! O Prêmio coroou o esforço e as mudanças na cidade, fortalecendo o Projeto Caminhos de Peabiru. O prefeito Júlio Cezar, ressaltou a importância do reconhecimento para o munícipio:

— A importância do gestor público é muito grande. Traz para nós o benefício de ter desenvolvido um projeto, e esse projeto ser escolhido como um projeto bom. Esse prêmio incentivou ainda mais o nosso trabalho, tanto é que no ano seguinte fomos premiados de novo por ter dado continuidade. Isso nos fortalece porque é um reconhecimento. Então eles estão trabalhando, estão fazendo e sendo reconhecidos.

Mais informações sobre esse projeto e sobre outras iniciativas premiadas no PGP-PR, você encontra no nosso Banco de Projetos.

 

CONFIRA O PROGRAMA BOM GESTOR PÚBLICO SOBRE ESSE PROJETO:

 

Comente esta notícia

código captcha