Sindafep Seguros - Um novo benefício para você - Faça já sua cotação! seguros@sindafep.com.br - Fone/WhatsApp: (41) 98458-0425 | (41) 98458-0349

Notícias

Imagem

10 passos para manter uma vida saudável na terceira idade

A terceira idade é cercada de vários desafios, já que traz mudanças em nosso corpo, exigindo alguns cuidados especiais. Mas isso não impede que essa fase da vida seja curtida com prazer, basta se atentar para as novas necessidades do organismo.

De acordo com a nutricionista da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Milene Gonçalves, as alterações fisiológicas e anatômicas próprias do envelhecimento têm repercussão na nutrição e na saúde do idoso. “Essas mudanças incluem a redução da capacidade funcional, alterações do paladar, alterações de processos metabólicos do organismo e modificação da composição corporal’’, disse ela, que atua na Codeagro (Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios). Para lidar com essas alterações no organismo, veja a seguir 10 passos para manter uma vida mais saudável na terceira idade.

Fonte: livro “O melhor alimento para a melhor idade”, publicado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

1. Faça exercícios

Torne sua vida mais saudável. Pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite bebidas alcoólicas e fumo. Além da alimentação, a atividade física é importante para manter um peso saudável.

2. Água é essencial

Beba pelo menos dois litros (seis a oito copos) de água por dia. A água é muito importante para o bom funcionamento do organismo. Bebidas açucaradas como refrigerantes e sucos industrializados não devem substituir a água.

3. Que tal maneirar no sal?

Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa. Para temperar e valorizar o sabor natural dos alimentos, utilize temperos como cheiro verde, alho, cebola, ervas frescas e secas ou suco de frutas, como limão. O consumo diário de sal deve ser de, no máximo, 1 colher de chá.

4. Fuja dos industrializados

Evite refrigerantes, sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas. Consuma no máximo uma porção do grupo dos açúcares e doces por dia. Valorize o sabor natural dos alimentos e das bebidas e opte por bolos, pães e biscoitos doces preparados em casa.

5. Uma pequena porção de azeite está liberada

Consuma, no máximo, uma porção por dia de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina. Consuma preferencialmente alimentos assados, cozidos, ensopados e grelhados.

6. Laticínios e carnes devem estar no cardápio

Consuma diariamente três porções de leite e derivados e uma porção de carnes, aves, peixes ou ovos. Leite e derivados são as principais fontes de cálcio na alimentação. Carnes, aves, peixes e ovos também fazem parte de uma alimentação nutritiva. Os peixes são ricos em gorduras poliinsaturadas, dentre elas destaca-se o ômega 3.

7. Não deixe o arroz e feijão de lado

Coma feijão com arroz todos os dias ou, pelo menos, cinco vezes por semana. Essa combinação é completa de proteínas de boa qualidade. Varie os tipos de feijões usados. Use também outros tipos de leguminosas, como soja, grão-de-bico, ervilha seca, lentilha, fava.

8. Ingira legumes, frutas e verduras

Consuma no mínimo três porções de legumes e verduras e três porções de frutas por dia. São ricos em vitaminas, minerais e fibras e contribuem para a proteção à saúde e diminuição do risco de várias doenças. Sucos naturais de fruta feitos na hora são os melhores.

9. Foque nos cereais, tubérculos e nas raízes

Consuma diariamente seis porções do grupo dos cereais, tubérculos e raízes. Dê preferência aos grãos integrais e aos alimentos na sua forma mais natural. Distribua esses alimentos nas principais refeições diárias, pois são ricos em carboidratos, importante fonte de energia.

10. Coma mais e melhor

Faça pelo menos três refeições e dois lanches saudáveis ao dia. Aprecie as refeições, mastigando bem os alimentos e diminua o volume de cada uma.

Fonte: UOL

Categorias:

Comente esta notícia

código captcha